terça-feira, agosto 31, 2010

Quilos e Quilos de Pó (bis)

Quilos e Quilos de Pó

Não... Não se trata ainda do tema das arrumações... Assim de repente até que parecia, não é? ^-^ O tema é mais outro... O lado negro do tema... Em tons fulígeneos acabei por comprar uns boiões de pó pré-fabricado... Eu sempre fiz o meu próprio pó... Mas demora tempo... Montes de tempo... E descobri que por montes de dinheiro se pode ter montes de pó... De carvão, de grafite, de cor sépia e de cor sanguínea... Para quem contava o pó às gramas houve evolução, sim senhor... Fiz uma experiência para começar... Uma horita de trabalho em poliéster... O pó é tão fino que quase que o próprio pincel serve de borracha... Vou dar mais uns retoques de texturas e de definição das linhas neste... E depois talvez avance para o papel... Com pó fininho deve ser giro usar papel do grosso, lololol

segunda-feira, agosto 30, 2010

A Caderneta de Cromos (c)

Com respeito às arrumações eu deixo aqui um útil conselho... Por amor de Deus! Não me deixem passar um rol de 17 anos!!! Eheheheheheh... É claro que me tem sabido bem deitar fora coisas... Mas mesmo assim às vezes ainda entro no tal monólogo mental... «Se calhar isto ainda me vai servir um dia....» «Será que daqui a uns tempos isto ainda me vai fazer falta?» «Já me estou mesmo a ver a deitar espuma pela boca porque deitei isto fora...»... Bahhh... Aproveito a onda e continuo a deitar fora... É claro que a caderneta de cromos da «Botânica» nunca esteve na pilha dos trastes... E contudo... Esta colecção desapontou na altura e continua a desapontar agora... Em vez de ilustrações usam fotografias... E a Sistemática deve ter ido passear no dia da impressão... O que me vale é que eu nunca liguei à Botânica aquilo que eu ligo à Zoologia...

domingo, agosto 29, 2010

A Caderneta de Cromos (b)

Depois do «Panorama Zoológico», que descrevia os principais grupos de animais, surgiu este «Fauna» que faria parte de uma trilogia que apresentarei nos próximos artigos... Recordo que as ilustrações eram muito boas... Algumas das ilustrações eram quase de qualidade fotográfica... E foi durante muito tempo uma referência para mim até porque naquela década de 70 (?), em que a televisão era a preto e branco, os livros não abundavam como hoje... E algumas das imagens tresloucadas do «Panorama» eram aqui representadas numa visão muito mais séria e moderna... Por causa destas imagens de época andei alguns anos a pensar que os gorilas eram do tamanho das pessoas e que eram muito ferozes... Contudo este «Fauna» era muito mais rigoroso... Fazia inclusivamente questão de referir na capa que só abordava Verterbrados... Tudo muito científico e ao meu gosto... ^-^

sábado, agosto 28, 2010

A Caderneta de Cromos (a)

Na contínua febre das arrumações (que ainda vai durar algum tempo) descobrem-se os baús que encerram os tesouros... Eu e o meu irmão nunca tivemos muitas cadernetas de cromos... Mas fizemos algumas colecções... Todavia recordo que algumas das mais populares ou nunca as tive ou simplesmente desapareceram... A piada está em que as que guardei estão imaculadas apesar do uso intenso... Tudo o que dizia respeito a animais, plantas e natureza eram preciosamente guardados por mim... Para além do bom estado quase que não faltam cromos pois a minha mãe tinha um esquema especial para os obter... Recordo ainda hoje o quanto esta capa do «Panorama Zoológico» me intrigava... Terá nascido assim a minha paixão pela Taxonomia? Pensando pouco mais de um segundo eu diria que provavelmente foi... ^-^

terça-feira, agosto 24, 2010

Dinocalcado

Humm... Uma palavra nova acabada de inventar!!! Yupiiii! :) Com esta recente onda dos arrumos em caves com cheiro a mofo, dos esvaziares de múltiplas gavetas, das pesquisas de móveis de madeiras não exóticas, do empilhamento de itens ainda por processar, do despejo de itens sabiamente processados como monstros... Dizia eu que com esta história dos arrumos tenho perdido horas e horas... Tenho perdido horas mas tenho ganho outras tantas... A deslumbrar-me com o já nem conheço, ou muito menos percebo ou nem sequer lembro... Uma das pérolas foi esta cena dos Kalkitos de Dinossauros extintos... Fiquei todo feliz com esta descoberta catita... Um pouco à laia dos cromos da Rádio Comercial, eheheheheh... A minha arrecadação está cheia de cromos, lolololol

sexta-feira, agosto 20, 2010

Os Comedores de Baleias

Entre o gostar e o odiar... Entre o matar e o amar... Eu acho estes paradoxos sempre muito interessantes... Quanto maior a gama entre as duas latitudes limites, tanto melhor... Por um lado o Bem e por outro lado o Mal... Ou já que se está no Japão, por um lado o Yin e por outro lado o Yang... Duas faces da mesma moeda... As dicotomias reproduzem-se normalmente até ao infinito mas este tema dos cetáceos incomoda-me particularmente... Porque carga de água é que uma exposição tão boa e tão bem construída serve unicamente o fim de perpetuar a caça abusiva debaixo do chapéu-de-chuva da investigação? Eu, um homem da Ciência, tenho alguma dificuldade em compreender... Aliás, tenho muita dificuldade... x_x