sexta-feira, fevereiro 27, 2009

Ruminantia (CAIC - #003) - Vista Oclusal (1)

Mais um arranque tímido de outra peça fundamental para este projecto pessoal de ilustração científica... Desta vez calhou ser a aguarela da vista de topo, dita oclusal segundo o perito (eheheheheh), da ossada da mandíbula do desconhecido ruminante... Esta primeira aguada foi mais longe do que a da vista bucal... A área da peça é mais pequena e isso torna a área a pintar igualmente menor. Por outro lado o nível detalhe dos dentes obriga a uma pintura mais rigorosa logo desde o início... Para ir seguindo neste espaço...

quinta-feira, fevereiro 26, 2009

Ruminantia (CAIC - #003) - Vista Bucal (2)

A saga da aguarela da vista bucal da mandíbula continua... Com a segunda camada de aguarela, a mandíbula já se está a tornar mais sólida... Até agora tenho trabalhado com os pincéis de campo... A partir de agora terei que começar a utilizar o material mais nobre de modo a poder entrar nos detalhes... Entretanto vai ficar de lado de modo a me consciencializar da próxima terceira fase...

quarta-feira, fevereiro 25, 2009

terça-feira, fevereiro 24, 2009

segunda-feira, fevereiro 23, 2009

domingo, fevereiro 22, 2009

sábado, fevereiro 21, 2009

sexta-feira, fevereiro 20, 2009

Ruminantia (CAIC - #003) - Silhuetas (1)

Neste (mega)projecto dos ruminantes tudo tende a complicar-se à medida que se avança... Imaginemos este caso das silhuetas das diversas famílias de ruminantes que ainda existem hoje... Antes de começar já tinha a cabeça cheia de perguntas... Devo primeiro desenhar os animais de corpo inteiro e só depois as silhuetas? Desenho só a cabeça dos animais e depois as silhuetas? Que animais é que vão representar cada uma das famílias? Mantenho a escala para todas as silhuetas ou vario a escala de acordo com as espécies? Perguntas, perguntas, perguntas... Por isso e para não perder tempo acabei mesmo por esboçar a grafite as 6 famílias de ruminantes e até que não ficou muito mal... A ver vamos...

quinta-feira, fevereiro 19, 2009

Ruminantia (CAIC - #003) - Vista Bucal (1)

Dei inicio ao tratamento de mais uma peça para o puzzle em que se vai tornando este projecto. Esta é a peça fundamental e sei que vou dar-lhe toda a atenção. Mas fico ainda sem saber se, quando eventualmente eu a acabar, ela irá mesmo ser a arte final ou um mero estudo em aguarela. Há sempre esse risco... Para já fica aqui a primeira aguada em cima de alguma grafite para fixar formas e superfícies de cor... Vai ficar em observação ao longo das diversas fases...

domingo, fevereiro 15, 2009

O Lado Certo da Margem

Hoje a manhã começou de modo totalmente caseiro: a dormir pelos cantos pus alguns DVD's em dia pois já tinha alguns 4 começados mas não acabados... A dado momento tudo se alterou e à tarde dei por mim a apanhar sol e a estar perto das pessoas de quem eu gosto. Houve tempo para uns esboços muito mal esboçados e para umas fotos muito mal fotografadas... E por fim um passeio no inicio da noite por terras completamente desertificadas... Num ambiente tão ministerialmente desprovido de vida eu diria que o nosso pequeno tatu-peludo (Chaetophractus villosus) se sentiria em casa... Caso estivesse do lado certo da margem...

sábado, fevereiro 14, 2009

sexta-feira, fevereiro 13, 2009

XIII

XIII é trademark de uma famosa série de BD (desenhos de William Vance e argumento de Jean Van Hamme) mas também dizem que em plena 6ª feira é dia de azar... No meu caso particular a desilusão é perfeitamente atribuível a não ter ganho os tais 15 milhões... Mas bem vistas as coisas talvez não possa atribuir todas as culpas ao azarento dia... Talvez porque nem me passou pela cabeça comprar uma dita «cautela»? E quanto à atribuição aleatória de reminiscências desta conversa da treta com o desenvolvimento pós-Darwiniano das espécies? Depois de alguns recentes comentários jocosos então isso é que seria ouro sobre azul...

:p

quinta-feira, fevereiro 12, 2009

Ruminantia (CAIC - #003) - Ovis sp.

Com o esquema geral da maquete já meio delineado, começa agora o verdadeiro trabalho, ou seja, produzir as peças individuais que uma vez reunidas irão constituir este projecto. O crâneo da ovelha (Ovis sp.) acaba por ser uma das peças fundamentais para agarrar a ilustração e por isso não admira que tenha sido a primeira em que eu peguei. Meti mãos à obra e como não era exigido muito detalhe para esta peça, acabei até por gastar um pouco mais de uma hora na sua produção...Grafite em poliéster à velocidade da luz, zzzut...zzzut...

quarta-feira, fevereiro 11, 2009

Ruminantia (CAIC - #003) - Maquete (3)

Em sede de aula as ideias que andam gasosas pelo ar continuam a solidificarem-se na minha cabeça. Com alguma orientação do orientador e com alguma ajuda científica do colega, fui encaixando as peças no caderno de aula. Quando acabei até acabei por gostar do aspecto gráfico do esboço... Só espero que o trabalho final venha a ficar com um aspecto igualmente bom (suspiro)...

terça-feira, fevereiro 10, 2009

Ruminantia (CAIC - #003) - Maquete (2)

Ruminantes... Sinto a minha cabeça também a ruminar... Mal eu sabia os trabalhos em eu me iria meter quando me abaxei para apanhar aquela mandíbula no leito do rio Douro... Entretanto vão saindo maquetes para futura discussão e análise... Vou recolhendo elementos pictóricos nos sitios mais incríveis... E vou juntando tudo no computador a tentar ver os efeitos e os impactos... Por agora é tudo ainda uma grande trapalhada... Mas sinto que alguns elementos começam a encaixar... Para ir seguindo...

segunda-feira, fevereiro 09, 2009

The Cradle

O ciclo da vida roda, gira e curva sobre si mesmo... Vejo-me a reinventar digitalmente alguns trabalhos meus já com alguns anos (Mãe Luba de 2002)... Vejo-me a falar com pessoas prestes a entrar e com pessoas prestes a sair da minha vida... Vejo-me como um observador a mirar tudo o que me diz respeito mas cá de fora... E hoje acabei de saber algo que me fez pensar no continente africano... Mas que sobretudo me fez pensar no valor sentido da perda e no momento que se avizinha da despedida... Duma despedida sem garantia de regresso... Como se da última vez se tratasse... A Àfrica negra da qual tudo se originou e na qual tudo volta a ser absorvido!

domingo, fevereiro 08, 2009

Allosaurus fragilis (+)

Com base numa tinta-da-china executada em tamanho A4 em 2002 decidi recuperar este tema que de repente ficou na moda... Passados tantos anos vejo-me como o mais duro dos críticos em relação a este trabalho e no entanto... Aguentou bem a redução de escala... E algum do ponteado consegue sobreviver... Fico contudo sem grandes convicções ao nível anatómico... Com alguma nostalgia decidi-me a pô-lo no Photoshop e a dar-lhe um ar mais Séc. XXI... Só para ver o que é que dava... E muito em breve poderei comparar notas com outros ilustradores, eheheheheheh...

^-^

sábado, fevereiro 07, 2009

sexta-feira, fevereiro 06, 2009

La Manita

Dei-me de repente conta do cenário de guerra, com imensos feridos graves à mistura, desorientado às voltas pela mata enlameada... Parece mau? Acreditem que podia ter sido bem pior... Guardo contudo uma boa recordação... À guiza de tortura dei por mim com a minha própria mão enfiada em cera a escaldar... Não fora o desmoldante previamente aplicado e já não me estava aqui a rir... Como recordação frágil que é (quebra ao menor esforço e derrete à menor emoção) acho que é no mínimo... Insólito?

quinta-feira, fevereiro 05, 2009

Ruminantia (CAIC - #003) - Maquete (1)

Após uma ausência prolongada voltei às aulas para apresentar os rudimentos do meu projecto pessoal... Sorte minha que estavam lá mais alunos do CAIC e pude então observar em primeira mão algo do que eles já andavam a congeminar... O volume de trabalho destes projectos pessoais quadruplicou sem sombra de dúvidas... E até há quem tenha pelas minhas contas decuplicado o volume exigido... Não falemos em nomes... Bom, eu por agora ando às voltas na minha cabeça com possíveis maquetes e com perguntas do género: «Quem é o público alvo?», «Para que serve?», etc... À espera ainda de respostas...

segunda-feira, fevereiro 02, 2009

O Dragão e a Fénix

O dragão que cospe chamas e tem vida eterna... A fénix que se consome nas ardentes chamas para mais tarde renascer das próprias cinzas... 2 figuras mitológicas num jogo de sociedade... O Destino e a Sorte a traçarem no tabuleiro o caminho da Vida... Tsuro é assim como se chama o palco do Jogo... Para além da surpreendente beleza visual deste jogo japonês existe algo mais que prende de imediato todos os jogadores... Entrar todos entram e sair todos evitam... Mímica da Vida num tabuleiro desdobrável?